Facebook

domingo, 30 de dezembro de 2012

"O fim e o começo "

Como era de se esperar, não teve fim de mundo. Mas 2012 não foi um ano qualquer. Muitas pessoas a minha volta sentiram algo parecido com o que senti: que este foi um ano de intensidade única, com uma energia capaz de encerrar etapas. Um ano de despedidas, algumas concretas, outras mais sutis. 

Houve quem tenha terminado casos mal resolvidos, quem tenha se conscientizado de um problema que não queria ver, quem se deu conta da fragilidade de uma situação, quem tenha aceitado um desafio que exigiu coragem, quem tenha enfrentado uma situação transformadora, quem tenha se jogado num estilo de vida diferente. Olho para os lados e vejo que 2012 não passou em branco para quase ninguém. Pelo menos não para mim, nem para pessoas próximas. 

Meu microcosmo não revela o universo inteiro, lógico. Você talvez não tenha percebido nada de incomum no ano que passou, mas ainda assim seria interessante promover um fim categórico, encerrar o ano colocando uma pedra em algo que não lhe convém mais. Geralmente chegamos ao final de dezembro focados apenas no recomeço, na renovação, nos planos, sem nos darmos conta de que, para que nossas resoluções sejam cumpridas mais adiante, não basta pular sete ondas, comer lentilhas e outras mandingas. É preciso que haja, sim, o fim do mundo. O fim de um mundo seu, particular.

Qual o mundo que você precisa exterminar da sua vida?

Sugestão: o mundo do bullying cibernético. Ninguém é autêntico por esculhambar o trabalho dos outros, sendo agressivo e mal-educado só porque tem a seu favor o anonimato na internet. Perder horas na frente do computador demonstra sua total incapacidade de convívio. Bum! Fim desse mundo estreito.

O mundo da prepotência, aquele que faz você pensar que todos lhe estenderão um tapete vermelho sem você precisar dar nada em troca. Qualquer um pode ser profético quanto a seu futuro: passará o resto da vida achando que ninguém lhe dá o devido valor, isolado em sua torre de marfim.

O mundo obcecado do amor doentio, aquele amor que só persiste pelo medo da solidão, e que de frustração em frustração vai minando sua possibilidade de ser feliz de outro modo.

O mundo das coisas sem importância. Quanta dedicação ao sobrenome do fulano, à conta bancária do sicrano, à vida amorosa da beltrana, o quanto ela pagou, o quanto ele deveu, quem reatou. Por cinco minutos, vá lá. Os neurônios precisam descansar. Mas esse trelelé o dia inteiro, socorro.

O mundo do imobilismo. Do aguardar sem se mover. Da espera passiva pelo momento certo que nunca chega.

2012 prenunciou um cataclismo, só que não era global, e sim individual. Impôs que cada um desse um fim à vida como era antes e que promovesse uma mudança interna, profunda e renovadora. Feito?

Então que venha um 2013 do outro mundo para todos nós.

"O fim e o começo - MARTHA MEDEIROS"






Vitória no ano que se inicia...2013 so felicidade


Se uma pessoa te abandona no momento que você mais precisava...não, não é crueldade, é apenas a vida tirando do seu caminho quem não merece participar da sua vitória!!!
Se uma pessoa te abandona no momento que você mais precisava...não, não é crueldade, é apenas a vida tirando do seu caminho quem não merece participar da sua vitória!!!




























terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Tati Bernardi: Eu olho pra sua tatuagem e pro tamanho d...



Eu olho pra sua tatuagem e pro tamanho do seu braço e pros calos da sua mão e acho que vai dar tudo certo. Me encho de esperança e nada. Vem você e me trata tão bem. Estraga tudo.Mania de ser bom moço, coisa chata.
Eu nunca mais quero ouvir que você só tem olhos pra mim, ok? E nem o quanto você é bom filho. Muito menos o quanto você ama crianças. E trate de parar com essa mania horrível de largar seus amigos quando eu ligo. Colabora, pô. Tá tão fácil me ganhar, basta fazer tudo pra me perder.
E lá vem ele dizer que meu cabelo sujo tem cheiro bom. E que já que eu não liguei e não atendi, ele foi dormir. E que segurar minha mão já basta. E que ele quer conhecer minha mãe. E que viajar sem mim é um final de semana nulo. E que tudo bem se eu só quiser ficar lendo e não abrir a boca.
Com tanto potencial pra acabar com a minha vida, sabe o que ele quer? Me fazer feliz. Olha que desgraça. O moço quer me fazer feliz. E acabar com a maravilhosa sensação de ser miserável. E tirar de mim a única coisa que sei fazer direito nessa vida que é sofrer. Anos de aprimoramento e ele quer mudar todo o esquema. O moço quer me fazer feliz. Veja se pode.
Não dá, assim não dá. Deveria ter cadeia pra esse tipo de elemento daninho. Pior é que vicia. Não é que acordei me achando hoje? Agora neguinho me trata mal e eu não deixo. Agora neguinho quer me judiar e eu mando pastar. Dei de achar que mereço ser amada. Veja se pode. Anos nos servindo de capacho, feliz da vida, e aí chega um desavisado com a coxa mais incrível do país e muda tudo. Até assoviando eu tô agora. Que desgraça.
Ontem quase, quase, quase ele me tratou mal. Foi por muito pouco. Eu senti que a coisa tava vindo. Cruzei os dedos. Cheguei a implorar ao acaso. Vai, meu filho. Só um pouquinho. Me xinga, vai. Me dá uma apertada mais forte no braço. Fala de outra mulher. Atende algum amigo retardado bem na hora que eu tava falando dos meus medos. Manda eu calar a boca. Sei lá. Faz alguma coisa homem!
E era piada. Era piadinha. Ele fez que tava bravo. E acabou. Já veio com o papo chato de que me ama e começou a melação de novo. Eita homem pra me beijar. Coisa chata.
Minha mãe deveria me prender em casa, me proteger, sei lá. Onde já se viu andar com um homem desses. O homem me busca todas as vezes, me espera na porta, abre a porta do carro. Isso quando não me suspende no ar e fala 456 elogios em menos de cinco segundos. Pra piorar, ele ainda tem o pior dos defeitos da humanidade: ele esqueceu a ex namorada. Depois de trinta anos me relacionando só com homens obcecados por amores antigos, agora me aparece um obcecado por mim que nem lembra direito o nome da ex. Fala se tão de sacanagem comigo ou não? Como é que eu vou sofrer numa situação dessas? Como? Me diz?
Durmo que é uma maravilha. A pele está incrível. A fome voltou. A vida tá de uma chatice ímpar. Alguém pode, por favor, me ajudar? Existe terapia pra tentar ser infeliz? Outro dia até me belisquei pra sofrer um pouquinho. Mas o desgraçado correu pra assoprar e dar beijinho.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Bem viver!



Por maiores sejam os obstáculos, procura doar o melhor de ti, na execução das tarefas que te cabem.

Se erraste, mais recomece...

Se caíres, pensa em tua condição de criatura humana, reajusta as próprias emoções e reergue-te para caminhar adiante.

Desânimo, em muitos casos, é a ausência de aceitação do que ainda somos, ante a pressa de ser o que outros, pelo esforço próprio nas estradas do tempo, já conseguem ser.

Coragem é a força que nasce da nossa própria disposição de aprender e de servir.

Não te ausentes dos próprios encargos.

Dever cumprido é passaporte ao direito que anseias usufruir.

Não acredites em felicidade no campo íntimo, sem o teu próprio trabalho para construí-la.

Toda realização nobre se levanta na base da perseverança no bem.

Compadece-te dos que, porventura, te firam e, ao recordá-lo, exerce a bondade sem ressentimento.

Não exijas de ninguém a obrigação de seguir-te os modelos de vida e pensamento.

Protege as crianças, tanto quanto se te faça possível, mas não te tortures, ante a escolha dos adultos que esperam de ti o respeito às experiências deles, tanto quanto reclamas o acatamento alheio para com as tuas.

Distribui otimismo e simpatia.

Irritação não edifica.

Não percas tempo com lamentações inúteis, reconhecendo que há sempre alguém a quem podes beneficiar com essa ou aquela migalha de apoio e generosidade.

Deixa algum sinal de alegria onde passes.

Quando os problemas do cotidiano se te façam difíceis, ao invés de inconformação ou de azedume, usa a paciência.

Sempre que necessário, empenha-te a ouvir esse ou aquele assunto, com mais atenção para que possas compreender isso ou aquilo com mais segurança.

Lembra-te de que falando ou silenciando, sempre é possível fazer algum bem.

Grande entendimento demonstra a criatura que vive a própria vida do melhor modo que se faça possível, concedendo aos outros o dom de viverem a vida que lhes é própria, como melhor lhes pareça.

Fica a dica queridas leitoras e amigas!

sábado, 15 de dezembro de 2012

Ser Especial

Ser Especial não é ter asas e voar; é voar apesar de não ter asas… Ser Especial não é conseguir, simplesmente; é conseguir mesmo quando não é simples; sobretudo quando não é simples. Ser Especial é ser capaz de acreditar, quando outros desistiram…

(Simples-mente)
[Emílio Miranda]

Reflexão

Não deveríamos reclamar, quando sofremos por opção.
Somos os maiores responsáveis pelas nossas tristezas e sofrimentos, pois escolhemos fingir que não vemos o que está mais do que claro em nossa frente.
Quando desejamos algo que não podemos ou devemos, costumamos nos iludir. Costumamos direcionar uma simples letra numa palavra de amor.
Queremos alimentar a qualquer custo o nosso lado feliz.
Enxergar as coisas de uma maneira que continue, o nosso desejo, a ser alimentado pela nossa vontade, é o que queremos, se torne real.

Ver as coisas como, realmente, são, torna tudo mais fáceis de ser vivido.
Encarar a realidade é sempre o melhor caminho, para uma felicidade plena.

by Ella
Não deveríamos reclamar, quando sofremos por opção.
Somos os maiores responsáveis pelas nossas tristezas e sofrimentos, pois escolhemos fingir que não vemos o que está mais do que claro em nossa frente.
Quando desejamos algo que não podemos ou devemos, costumamos nos iludir. Costumamos direcionar uma simples letra numa palavra de amor.
Queremos alimentar a qualquer custo o nosso lado feliz.
Enxergar as coisas de uma maneira que continue, o nosso desejo, a ser alimentado pela nossa vontade, é o que queremos, se torne real.
Ver as coisas como, realmente, são, torna tudo mais fáceis de ser vivido.
Encarar a realidade é sempre o melhor caminho, para uma felicidade plena.

by Ella

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Mágoa.


Não guarde mágoas, elas entalam sua garganta de uma maneira insuportável, vão te sufocando aos poucos. Prefiro acreditar que "tudo que vai volta", ou então no "foi sem querer", só absorva o que te acrescentar... A mágoa? Engole que passa, pode ser perigoso alimentá-las !!! Bom fim de semana a todos vocês. :D
Não guarde mágoas, elas entalam sua garganta de uma maneira insuportável, vão te sufocando aos poucos. Prefiro acreditar que "tudo que vai volta", ou então no "
foi sem querer", só absorva o que te acrescentar... A mágoa? Engole que passa, pode ser perigoso alimentá-las !!! Bom fim de semana a todos vocês. :D

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Essa sou eu...


O meu reinado é de papel. Tudinho. Castelo, lua, coroa e até minha roupa. Levo comigo por onde for o que escrevo, pois cada palavra, por mais sem sentido que pareça é o que sou e o que sou são várias letrinhas por aí querendo fazer sentido, querendo formar frase, querendo ganhar vida.

Renata.
O meu reinado é de papel. Tudinho. Castelo, lua, coroa e até minha roupa. Levo comigo por onde for o que escrevo, pois cada palavra, por mais sem sentido que pareça é o que sou e o que sou são várias letrinhas por aí querendo fazer sentido, querendo formar frase, querendo ganhar vida. 

Renata.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Me dÊ


Meu Deus, me dê a coragem
de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites,
todos vazios de Tua presença.
Me dê a coragem de considerar esse vazio
como uma plenitude.
Faça com que eu seja a Tua amante humilde,
entrelaçada a Ti em êxtase.
Faça com que eu possa falar
com este vazio tremendo
e receber como resposta
o amor materno que nutre e embala.
Faça com que eu tenha a coragem de Te amar,
sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo.
Faça com que a solidão não me destrua.
Faça com que minha solidão me sirva de companhia.
Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Faça com que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo.
Receba em teus braços
o meu pecado de pensar.

Clarice Lispector
Meu Deus, me dê a coragem
de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites,
todos vazios de Tua presença.
Me dê a coragem de considerar esse vazio
como uma plenitude.
Faça com que eu seja a Tua amante humilde,
entrelaçada a Ti em êxtase.
Faça com que eu possa falar
com este vazio tremendo
e receber como resposta
o amor materno que nutre e embala.
Faça com que eu tenha a coragem de Te amar,
sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo.
Faça com que a solidão não me destrua.
Faça com que minha solidão me sirva de companhia.
Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Faça com que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo.
Receba em teus braços
o meu pecado de pensar.

Clarice Lispector

Que seja breve...


‎"E que o tempo seja só uma sensação... E que passe longe dos olhos de quem ama, e que penetre nas feridas de quem está por doer. E que o tempo seja leve... E que varra a solidão dos que cairam, e que não apague os sorrisos de quem já marcou.
E que o tempo dê tempo a tudo e a todos os caminhos... Que o tempo nos permita ser flor e também espinhos. Que nos ensine a deixá-lo passar...Que nos ensine também a nos deixar passar quando preciso."
(Mozert)
"E que o tempo seja só uma sensação... E que passe longe dos olhos de quem ama, e que penetre nas feridas de quem está por doer. E que o tempo seja leve... E que varra a solidão dos que cairam, e que não apague os sorrisos de quem já marcou.
E que o tempo dê tempo a tudo e a todos os caminhos... Que o tempo nos permita ser flor e também espinhos. Que nos ensine a deixá-lo passar...Que nos ensine também a nos deixar passar quando preciso."
(Mozert)








































terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Nosso dever



















Nosso Dever

Por mais humilde, quando confrontando com as atividades que nos pareçam superiores, amemos o dever que a vida nos reservou.
No Plano do Universo, t
odo encargo é digno
de apreço.
O firmamento agasalha o mundo sob imensa abóbada de estrelas; no entanto, não desempenha as atribuições do telhado doméstico.
O Sol é um espetáculo permanente de luz, mas não realiza o serviço da lâmpada.
O grande rio é um gigante de água movente; contudo, não executa em casa a função da bica.
O celeiro guarda os ingredientes do pão, mas não consegue amassá-lo.
O transatlântico transporta o salva-vidas, sem tomar-lhe a prerrogativa.
Cultivemos o nosso dever por mandato da Providência Divina.
O esforço anônimo do verme, na fecundação da terra, jaz revestido de extrema significação para ela e para ele.
Assim também, a nossa tarefa particular pode não aparecer aos olhos dos outros, no desdobramento da vida, entretanto, ela é sumamente importante para a vida e para nó


...


"A minha essência, interligada a sua...
Que frutos bons gerará?
A força na palavra dita, só será confirmada...
Quando de tí nasceres,
O melhor que puderes dar.
Assim como raízes, fincas em meus pés
Toda a saga do teu saber.
Colheremos juntos, a sabedoria cravada, antes do sol...
Amanhecer !!!"

G.Fernandes
‎"A minha essência, interligada a sua...
Que frutos bons gerará?
A força na palavra dita, só será confirmada...
Quando de tí nasceres,
O melhor que puderes dar.

Assim como raízes, fincas em meus pés
Toda a saga do teu saber.
Colheremos juntos, a sabedoria cravada, antes do sol...
Amanhecer !!!"

G.Fernandes

Tudo no Seu Tempo


Tudo no Seu Tempo
Não apresses a chuva... ela tem seu tempo de cair e saciar a sede da terra.

Não apresses o pôr do sol... ele tem seu tempo de anunciar o anoi
tecer até seu último raio de luz.

Não apresses a tua alegria...ela tem seu tempo para aprender com a tua tristeza.

Não apresses o teu amor... ele tem seu tempo de semear mesmo nos solos mais áridos do teu coração.

Não apresses a tua raiva... ela tem seu tempo para diluir-se nas águas mansas da tua consciência.

Não apresses o outro... pois ele tem seu tempo para florescer aos olhos do Criador.

Não apresses a ti mesmo... pois precisas de tempo para sentir tua própria evolução.

Poema


Este Poema

Um poema

Que seja...
Um poema
De quem deseja
Ser mais do que a brisa
Que percorre as noites solitárias
As tuas noites solitárias...
O poema sem poeta,
Livre da mão que o escreveu
Liberto de quem o declama.
Esse poema
(este)
Fica aqui
Na solidão
Do chão onde choveu
Coberto de lama,
Para que alguém distraído
(quiçá tu)
O ache
Quiçá (tu)
O ame.

[Emílio Miranda]
Este Poema

Um poema
Só
Que seja...
Um poema
De quem deseja
Ser mais do que a brisa
Que percorre as noites solitárias
As tuas noites solitárias...
O poema sem poeta,
Livre da mão que o escreveu
Liberto de quem o declama.
Esse poema
(este)
Fica aqui
Na solidão
Do chão onde choveu
Coberto de lama,
Para que alguém distraído
(quiçá tu)
O ache
Quiçá (tu)
O ame.

[Emílio Miranda]

O Amor, quando se revela


O Amor, quando se revela

O amor, quando se revela...
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar pra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há-de dizer
Fala: parece que mente...
Cala: parece esquecer...

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pra saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar ..

- Fernando Pessoa
O Amor, quando se revela

O amor, quando se revela...
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar pra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há-de dizer
Fala: parece que mente...
Cala: parece esquecer...

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pra saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar ..

- Fernando Pessoa

domingo, 9 de dezembro de 2012


"Minha consciência é cristalina. As vezes me magôo, mas nada que não passe.
Tenho para mim, que pessoas vem e vão.
Quem veio para ficar, já está !!!"

G.Fernandes
"Minha consciência é cristalina. As vezes me magôo, mas nada que não passe.
Tenho para mim, que pessoas vem e vão.
Quem veio para ficar, já está !!!"

G.Fernandes

Leia até o fim vale muito a pena

Carta do ex para a ex :
Querida, escrevo para dizer que vou te deixar. Fui bom marido por 7 anos. As duas últimas semanas foram um inferno. O seu chefe me chamou para dizer que você tinha pedido demissão e isto foi a gota. Na semana passada, nem notou que não assisti ao futebol. Te levei na churrascaria que mais gosta. Chegou em casa, nem comeu e foi dormir depois da novela. Não diz que me ama. Está me enganando ou não me ama mais. P.S. Se quiser me encontrar, desista. A Júlia, aquela sua ‘melhor amiga’ da academia e eu vamos viajar para o nordeste e vamos nos casar! Ass: Seu Ex-marido.


Resposta: Querido ex-marido, nada me fez mais feliz do que ler sua carta. É verdade, ficamos casados por 7 anos, mas dizer que você foi um bom marido é exagero. Vejo a novela para não lhe ouvir resmungar a toda hora. Reparei que não assistiu futebol, mas com certeza, foi porque seu time tinha perdido e você estava de mau humor. A churrascaria deve ser a preferida da amiga Júlia, pois não como carne há dois anos. Fui dormir porque vi que a cueca estava manchada de batom. Rezei para que a empregada não visse. Mas, com tudo isto, ainda o amava e senti que poderíamos resolver os nossos problemas. Assim quando descobri que eu tinha ganhado na Loteria, deixei o meu emprego e comprei dois bilhetes de avião para o Taiti, mas quando cheguei em casa você já tinha ido. Fazer o quê? Tudo acontece por alguma razão. Espero que você tenha a vida que sempre sonhou. O meu advogado me disse que devido à carta que você escreveu, não terá direito a nada. Portanto, se cuida! P.S. Não sei se lhe disse, mas a Julia, minha ‘melhor amiga’, está grávida do Jorginho, nosso personal. Espero que isto não seja um problema…
Ass: Milionária, Gostosa e Solteira :)




sábado, 8 de dezembro de 2012

Leia com Atenção




Você já ouviu, alguma vez, falar de livre-arbítrio?

Livre-arbítrio quer dizer livre escolha, livre opção.

Em todas as situações da vida, sempre temos duas o
u mais possibilidades para escolher.

E a cada momento a vida nos exige decisão. Sempre temos que optar entre uma ou outra atitude.

Desde que abrimos os olhos, pela manhã, estamos optando entre uma atitude ou outra.

Ao ouvir o despertador podemos escolher entre abrir a boca para lamentar por não ser nosso dia de folga ou para agradecer a Deus por mais um dia de oportunidades no corpo físico.

Ao encontrar o nosso familiar que acaba de se levantar, podemos escolher entre resmungar qualquer coisa, ficar calado, ou desejar, do fundo da alma, um bom dia.

Quando chegamos ao local de trabalho, podemos optar entre ficar de bem com todos ou buscar o isolamento, ou, ainda, contaminar o ambiente com nosso mau humor.

Um médico que trata de pacientes com câncer, conta que as atitudes das pessoas variam muito, mesmo em situações parecidas.

Diz ele que duas de suas pacientes, quase da mesma idade, tiveram que extirpar um seio por causa da doença.

Uma delas ficou feliz por continuar viva e poder brincar com os netos, a outra optou por lamentar pelo seio que havia perdido, embora também tivesse os netos para curtir.

Assim também acontece conosco quando alguém nos ofende, por exemplo. Podemos escolher entre revidar, calar ou oferecer o tratamento oposto. A decisão sempre é nossa.

O que vale ressaltar é que nossas atitudes produzirão efeitos como consequência. E esses efeitos são de nossa total responsabilidade.

Isso deve ser ensinado aos filhos desde cedo. Caso a criança escolha agredir seu colega e leve uns arranhões, deverá saber que isso é resultado da sua atitude e, por conseguinte, de sua inteira responsabilidade.

Tudo na vida está sujeito à lei de causa e efeito: para uma causa positiva, um efeito positivo, para uma atitude infeliz, o resultado correspondente.

Se você chega no trabalho bem humorado, alegre, radiante, e encontra seu colega de mau humor, você pode decidir entre sintonizar na faixa dele ou fazer com que ele sintonize na sua.

Você tem ainda outra possibilidade de escolha: ficar na sua.

Todavia, de sua escolha dependerá o resto do dia. E os resultados lhe pertencem.

Jesus ensinou que a semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória.

Pois bem, nós estamos semeando e colhendo o tempo todo. Se plantamos sementes de flores, colheremos flores, se plantamos espinheiros, colheremos espinhos. Não há outra saída.

Mas o que importa, mesmo, é saber que a opção é nossa. Somos livres para escolher, antes de semear. Aí é que está a Justiça Divina.

Mesmo as semeaduras que demoram bastante tempo para germinar, um dia darão seus frutos.

São aqueles atos praticados no anonimato, na surdina, que aparentemente ficam impunes. Um dia, ainda que seja numa existência futura, eles aparecerão e reclamarão colheita.

Igualmente os atos de renúncia, de tolerância, de benevolência, que tantas vezes parecem não dar resultados, um dia florescerão e darão bons frutos e perfume agradável.

É só deixar nas mãos do Jardineiro Divino, a quem chamamos Deus.

* * *

A hora seguinte será o reflexo da hora atual.

O dia de amanhã trará os resultados do dia de hoje.

As existências futuras lhe devolverão a herança que hoje lhes entrega.

É assim que vamos construindo nossa felicidade ou a nossa desdita, de acordo com a nossa livre escolha, com o nosso livre-arbítrio.

Pensemos nisso!

Paz a todos.



Desejos...

"Nasceu de um desejo em expressar sentimentos antes guardados na memória.
Veio mesmo devagar, como a larva da borboleta. O casulo foi seu laboratório.
E de repente, tudo se rompeu e a borboleta enfim, bateu suas asas.
No começo, seu vôo era tímido, mas depois, a auto confiança foi tomando conta e tudo foi assim, muito rápido.
Detalhe importante.

Sem vocês, jamais meu vôo seria tão alto.
Sem vocês, jamais teria a paciência de ver meu casulo se romper dentro do seu tempo.
Sem vocês, eu nada seria dentro deste universo tão único.
Me sinto tão privilegiada, tão agraciada.
Vejo tantos casulos, em suas intermináveis manifestações de amor à arte de bem escrever e expressar sentimentos, alí, tirando casquinha por casquinha... e eu aqui, colhendo tantos frutos, conhecendo tanta gente como a gente.
A vontade de agradecer não cabe no peito de tão grande é.
Agradeço a cada um que veio a interagir e participar desta metamorfose.
É tudo muito intenso, e se em tão pouco tempo, nossas borboletas se tornaram tantas é porque tudo está sendo compreendido e aceito.
Levo o que vai dentro do meu coração. Escrevo com minha alma sintonizada ao meu pensamento e tudo flui assim. Quando compartilho outros cantinhos, trago o que de alguma maneira, tenha me tocado fundo. Continuarei aqui, nesse mundo de borboletas coloridas. Eu sou rosa... amor...
Vermelho... paixão...
Azul... desejo...
Amarelo... alegria...
Branca ... paz ...
Verde ... esperança...
Todas juntas: NÓS ...!!!"
Paixão pelo que faço somado a paz que me trás...

G.Fernandes

Obrigado 11.000 mil borboletas íntimas ao meu bem querer !!!
"Nasceu de um desejo em expressar sentimentos antes guardados na memória.
Veio mesmo devagar, como a larva da borboleta. O casulo foi seu laboratório.
E de repente, tudo se rompeu e a borboleta enfim, bateu suas asas.
No começo, seu vôo era tímido, mas depois, a auto confiança foi tomando conta e tudo foi assim, muito rápido.
Detalhe importante. 
Sem vocês, jamais meu vôo seria tão alto.
Sem vocês, jamais teria a paciência de ver meu casulo se romper dentro do seu tempo.
Sem vocês, eu nada seria dentro deste universo tão único.
Me sinto tão privilegiada, tão agraciada.
Vejo tantos casulos, em suas intermináveis manifestações de amor à arte de bem escrever e expressar sentimentos, alí, tirando casquinha por casquinha... e eu aqui, colhendo tantos frutos, conhecendo tanta gente como a gente.
A vontade de agradecer não cabe no peito de tão grande é.
Agradeço a cada um que veio a interagir e participar desta metamorfose.
É tudo muito intenso, e se em tão pouco tempo, nossas borboletas se tornaram tantas é porque tudo está sendo compreendido e aceito.
Levo o que vai dentro do meu coração. Escrevo com minha alma sintonizada ao meu pensamento e tudo flui assim. Quando compartilho outros cantinhos, trago o que de alguma maneira, tenha me tocado fundo. Continuarei aqui, nesse mundo de borboletas coloridas. Eu sou rosa... amor...
Vermelho... paixão...
Azul... desejo...
Amarelo... alegria...
Branca ... paz ...
Verde ... esperança...
Todas juntas: NÓS ...!!!"
Paixão pelo que faço somado a paz que me trás...

G.Fernandes

Obrigado 11.000 mil borboletas íntimas ao meu bem querer !!!





Elas são a mesma mulher.Duvida?

Princes sexy

Cores Fluorecentes! oque achou?

que look lindooo!ameiii e vocês?

Ilusão de óptica

Ser Mãe!


Fui escolhida para guardar, dentro de mim, o dom da vida. Escolhida para cultivar com carinho as sementes do futuro. Escolhida para dar à luz aquele pequeno ser que durante todo o sempre irá simbolizar o que há de mais importante e precioso em minha existência... Escolhida para ser capaz de viver e de sonhar, de aprender e de viver, de proteger e de mudar, de dizer e de calar, de sofrer e de lutar
, de vencer e de acreditar, de sorrir e de chorar, de sentir e de se emocionar, de saber o que é amar... Escolhida para ser capaz de tudo, até mesmo o impossível por aqueles que com muito orgulho irá chamar de "filho” Escolhida para ser mulher, escolhida para ser especial escolhida para ser Mãe !
Fui escolhida para guardar, dentro de mim, o dom da vida. Escolhida para cultivar com carinho as sementes do futuro. Escolhida para dar à luz aquele pequeno ser
que durante todo o sempre irá simbolizar o que há de mais importante e precioso em minha existência... Escolhida para ser capaz de viver e de sonhar, de aprender e de viver, de proteger e de mudar, de dizer e de calar, de sofrer e de lutar
, de vencer e de acreditar, de sorrir e de chorar, de sentir e de se emocionar, de saber o que é amar... Escolhida para ser capaz de tudo, até mesmo o impossível por aqueles que com muito orgulho irá chamar de "filho” Escolhida para ser mulher, escolhida para ser especial escolhida para ser Mãe !




sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Anjo!

Talvez que o anjo esquecido,
o anjo da poesia,
se tenha de mim perdido,
sem reparar que o fazia.
Por isso me faltam asas

e me sobejam as penas
de um desejo inalcançado:
Que eu gostava de voar
até ao anjo perdido.
O anjo de mim esquecido,
que por mim é tão lembrado.
Ai se eu tivesse voado
aonde queria voar!
Não estava agora a rimar
versos de asas cortadas.
voava junto de si.
Assim fico aonde me vê.
Mesmo pregadinha ao chão
com asas de papelão
e sem entender porquê.
Pois a uns faltam-lhe asas
mas por ter asas cortadas
sofrem uns e outros não?
Eu tenho sofrido muito
nos meus voos ensaiados
que ao querer sair do chão
ficam-me os pés agarrados,
E por falar dos pés
Com versos de pés quebrados
perdoe lá a quem os fez
pelo mal dos meus pecados.
Só os fiz por timidez
que tenho em me dirigir
a quem tem por lucidez
razão para distinguir
o bom e o mau Português.
Assim à minha maneira
aqui venho responder
desta forma tão ligeira
que a sério não pode ser!

Amália Rodrigues.
Talvez que o anjo esquecido,
o anjo da poesia,
se tenha de mim perdido,
sem reparar que o fazia.
Por isso me faltam asas
e me sobejam as penas
de um desejo inalcançado:
Que eu gostava de voar
até ao anjo perdido.
O anjo de mim esquecido,
que por mim é tão lembrado.
Ai se eu tivesse voado
aonde queria voar!
Não estava agora a rimar
versos de asas cortadas.
voava junto de si.
Assim fico aonde me vê.
Mesmo pregadinha ao chão
com asas de papelão
e sem entender porquê.
Pois a uns faltam-lhe asas
mas por ter asas cortadas
sofrem uns e outros não?
Eu tenho sofrido muito
nos meus voos ensaiados
que ao querer sair do chão
ficam-me os pés agarrados,
E por falar dos pés
Com versos de pés quebrados
perdoe lá a quem os fez
pelo mal dos meus pecados.
Só os fiz por timidez
que tenho em me dirigir
a quem tem por lucidez
razão para distinguir
o bom e o mau Português.
Assim à minha maneira
aqui venho responder
desta forma tão ligeira
que a sério não pode ser!

Amália Rodrigues.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Sou Simplesmente coruja!


‎"Sou coruja de uma face mas de mil trejeitos. Não cultuo a aparência ...Cultivo a alma! Sou feita de intensas emoções, pincelada com olhar de calmaria. Se me roubam um ideal viro a guerreira que mata um leão a cada dia. Brigo pela perfeição, por igualdade e justiça. Abomino a violência... Sou alma e coração! Com um abraço sou consolo, com um sorriso sou esperança. Sou livre como um pássaro ou um sonho de criança. Por amar tanto a liberdade jamais aprisiono. Sou simplesmente coruja!"

Ando...


"Ando resolvendo andar só... Andar por ai, em qualquer lugar. Em qualquer caminho que não me deixe parar de caminhar. Ando resolvendo sentir-me só... Me silencio por ai, nos olhos daqueles que me perderam. Que me perdem."
(Mozert)
"Ando resolvendo andar só... Andar por ai, em qualquer lugar. Em qualquer caminho que não me deixe parar de caminhar. Ando resolvendo sentir-me só... Me silencio por ai, nos olhos daqueles que me perderam. Que me perdem."
(Mozert)

É VOCÊ!


O dia inteiro diz
E até a noite diz
Que é você
Meu bom senso, mal-juízo
Meu desejo e o que vejo
Dizem que é você
Meu outro lado esbraveja
Veja, tenho certeza
Que é você
O sol nasce e se levanta
Se deita e de todo jeito diz
Que é você
Tudo o que digo e faço
É só pra disfarçar
E eu só penso e me convenço
Que é você
Só você insiste em dizer
Que não é você

Alice Ruiz
O dia inteiro diz
E até a noite diz
Que é você
Meu bom senso, mal-juízo
Meu desejo e o que vejo
Dizem que é você
Meu outro lado esbraveja
Veja, tenho certeza
Que é você
O sol nasce e se levanta
Se deita e de todo jeito diz
Que é você
Tudo o que digo e faço
É só pra disfarçar
E eu só penso e me convenço
Que é você
Só você insiste em dizer
Que não é você

Alice Ruiz





terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Saudade


Saudade não evapora. Ela faz eco nos poros. Salta do corpo e vira colo pra quem pede carinho.

Ju Fuzetto

Quem?


Quem me dará a mão
 Quando do mundo não restar nada...
 Quem mostrará a luz
 Quando meus olhos estiverem
 Cansados da escuridão...
 Quem me trará a água
 Quando minha boca
 Estiver seca de sede...
 Quem me mostrará a esperança
 Quando meu mundo estiver
 Tomado de desilusões...
 Quem irá me ouvir
 E me dar bons conselhos
 Quando o mundo se fizer de surdo e se calar...
 Quem irá atender ao telefone
 Quando minhas mãos tremerem ao discar o número...
 Quem irá ouvir meus gritos de socorro
 E virá me socorrer...
 Somos fiéis a uma amizade
 Poderemos estar no abismo
 Mas jamais soltaremos as mãos.
 Mãos unidas por um forte laço
 Chamado AMIZADE
 Dois Amigos,
 Duas Almas
 Seguindo
 Um Mesmo Caminho.

Paz a todos.
Quem me dará a mão
Quando do mundo não restar nada...
Quem mostrará a luz
Quando meus olhos estiverem
Cansados da escuridão...

Quem me trará a água
Quando minha boca
Estiver seca de sede...
Quem me mostrará a esperança
Quando meu mundo estiver
Tomado de desilusões...
Quem irá me ouvir
E me dar bons conselhos
Quando o mundo se fizer de surdo e se calar...
Quem irá atender ao telefone
Quando minhas mãos tremerem ao discar o número...
Quem irá ouvir meus gritos de socorro
E virá me socorrer...
Somos fiéis a uma amizade
Poderemos estar no abismo
Mas jamais soltaremos as mãos.
Mãos unidas por um forte laço
Chamado AMIZADE
Dois Amigos,
Duas Almas
Seguindo
Um Mesmo Caminho.

Paz a todos.

O Rio e o oceano:


O Rio e o oceano:
 
Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano 
ele treme de medo.
 Olha para trás, para toda a jornada,os cumes, as montanhas,

 o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos
 povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar
 nele nada mais é do que desaparecer para sempre.
 Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar.
 Ninguém pode voltar.
 Voltar é impossível na existência. 
Você pode apenas ir em frente.
 O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
 E somente quando ele entra no oceano é que o medo
 desaparece.
 Porque apenas então o rio saberá que não se trata de
 desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano.
 Por um lado é desaparecimento e por outro lado é
 renascimento.
 Assim somos nós.
 Só podemos ir em frente e arriscar.
 Coragem !
 Avance firme e torne-se Oceano!!!
 
Paz a todos.


Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano
ele treme de medo.
Olha para trás, para toda a jornada,os cumes, as montanhas,


o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos
povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar
nele nada mais é do que desaparecer para sempre.
Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar.
Ninguém pode voltar.
Voltar é impossível na existência.
Você pode apenas ir em frente.
O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano é que o medo
desaparece.
Porque apenas então o rio saberá que não se trata de
desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano.
Por um lado é desaparecimento e por outro lado é
renascimento.
Assim somos nós.
Só podemos ir em frente e arriscar.
Coragem !
Avance firme e torne-se Oceano!!!




Paz a todos.

Sonhos


Nunca deixe de acalentar sonhos,mas tenha cuidado com a ilusão.
 A ilusão nos trará no futuro um passado feito de “nadas”.
 Por mais que a luz da verdade se faça arder em nos,busquemos conhecer cada sombra íntima que temos.
 Nesse processo feridas surgirão,mas é melhor carregar cicatrizes em processo de cura na alma, do que ver desabar castelos edificados por poderes,afetos e virtudes inventadas por 
nosso ego ou carência de auto- afirmação.
 Boa Noite!!
 
Quem diz que o tempo traz apenas desilusões, é que não tem feito outra coisa senão iludir-se.
 
André Luiz

Paz a todos.
Nunca deixe de acalentar sonhos,mas tenha cuidado com a ilusão.
A ilusão nos trará no futuro um passado feito de “nadas”.
Por mais que a luz da verdade se faç
a arder em nos,busquemos conhecer cada sombra íntima que temos.
Nesse processo feridas surgirão,mas é melhor carregar cicatrizes em processo de cura na alma, do que ver desabar castelos edificados por poderes,afetos e virtudes inventadas por
nosso ego ou carência de auto- afirmação.
Boa Noite!!

Quem diz que o tempo traz apenas desilusões, é que não tem feito outra coisa senão iludir-se.

André Luiz

Paz a todos.



Fácil é abraçar, apertar as mãos,
beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo
como uma corrente elétrica
quando tocamos a pessoa certa ..

EU?

Quem sou eu para mim? Só uma sensação minha. (Fernando Pessoa) perfumes importados


Benefícios da Cerveja







Gatinhos lindos!

Pensamentos



Um, dois e… quando me dou conta, já fui, me joguei
Antes de contar até três disse o que não era para ser dito
Fiz coisas que não era para ter feito

Me arrebento rápido, nem dói de tão ligeiro
Mentira, dói de qualquer jeito...

Martha Medeiros

Um brinde a minha inesgotável paciência


“Paciência é uma virtude e um poder espiritual. Ensina-nos a não ter pressa, mostrando que há uma razão e um tempo para tudo. Permite-nos sorrir para desafios e crises, porque nos faz entender que há solução para todos os problemas. Ensina-nos a abrandar nossas respostas ao dar tempo para avaliar a situação com mais clareza. Gentilmente permite-nos aceitar as cenas do drama da vida, sabendo que as nuvens passam. Para ter paciência é preciso ter fé em si, nos outros e em Deus. Grande é o poder da paciência.”
@[182929845081087:274:Brahma Kumaris]
“Paciência é uma virtude e um poder espiritual. Ensina-nos a não ter pressa, mostrando que há uma razão e um tempo para tudo. Permite-nos sorrir para desafios e
crises, porque nos faz entender que há solução para todos os problemas. Ensina-nos a abrandar nossas respostas ao dar tempo para avaliar a situação com mais clareza. Gentilmente permite-nos aceitar as cenas do drama da vida, sabendo que as nuvens passam. Para ter paciência é preciso ter fé em si, nos outros e em Deus. Grande é o poder da paciência.”
Brahma Kumaris

domingo, 2 de dezembro de 2012

PARA REFLETIR

PRA REFLETIR ANTES DE INICIAR UMA NOVA SEMANA

Muitas vezes, os pensamentos fora da caixinha são tão diferentes que chegam ser chocantes para algumas pessoas. Quando isso acontece, elas costumam reagir com bastante perplexidade, considerando que essas ideias sejam boas demais para serem verdadeiras. Mas na realidade, as ideias de dentro da caixinha, as que a maioria acabou se acostumando e adotando como verdades absolutas a serem seguidas sem jamais serem questionadas, é que são ruins demais para serem verdadeiras...

Por isso, não importa a cor, a condição social, a origem ou qualquer fator considerado por muitos como excludente, deixando-os paralisados e sentindo-se vítimas do destino. Está mais do que provado: ao se desprenderem deste senso comum, aliado a uma boa dose de coragem, será apenas uma questão de tempo e muito trabalho o nascimento de grandes empreendedores.

Não importa qual o setor, área de atuação, cidade ou até País. Não existem área de atuação ou lugar ruim para um empreendedor e para quem pensa fora da caixinha. Esses que tiveram a coragem de se libertarem dos padrões convencionais vão fazer história vendendo pipoca, doces, tapioca, pastel, criando novos conceitos educacionais, com escolas de inglês, capoeira, pilates, com academias de ginástica, restaurantes corporativos, planos de saúde, bancos, empresas de exploração de petróleo, etc... Cada negócio coerente com o porte e o estágio evolucional que cada empreendedor já conquistou em sua trajetória.

Nada começa da noite para o dia, por isso paciência é fundamental. Mas este princípio vale para quem tem 1000 até 1 bilhão de reais de capital para investir em seu projeto. Então comece do seu tamanho, não importando se vc o considera pequeno, pois na realidade não existe o grande e o pequeno. O que existe é a sua própria realidade. O que vc deve fazer é trabalhar para multiplicá-la ao longo do tempo, investindo na expansão de seu projeto ao invés de se acomodar ao sinal da primeira vitória.

O resultado será tão lógico quanto a simples matemática envolvida neste conceito apresentado. Funciona assim: todos nós colhemos o que plantamos, numa relação direta de causa e efeito e inversa a maneira convencional que a boiada pensa. Ou seja, quanto mais vc pensar como a maioria, menos resultado vc terá, a não ser os mesmos que todo mundo tem: Estudar, emprego, pagar contas e por fim, a aposentadoria do INSS...

REFLITA COM CARINHO, PENSE FORA DA CAIXINHA E TENHA UMA EXCELENTE SEMANA!